_________________________________________________
_____________________________________________________________________________________________

22 de jun de 2013

A vaia

por Luiz Osório Marinho Silva

Talvez, neste país sem cidadania, esteja me tornando um velho anarquista, mas com o ardor da indignação de um jovem adolescente, em prol do que é certo e justo.Vaiei a incompetência, a desonestidade, a corrupção, a enganação, a mentira.Vaiei as obras inacabadas, superfaturadas, mal feitas, não fiscalizadas.Vaiei a insegurança dos cidadãos brasileiros, as péssimas condições da saúde pública, a ineficiência do sistema educacional.Vaiei a falta de boas estradas, portos e aeroportos.Vaiei a carência de saneamento básico, os apagões de energia elétrica,o caos das grandes cidades.Vaiei a utilização política de empresas estatais e de economia mista,com recursos financeiros mal aplicados ou utilizados de maneira inescrupulosa, ocasionando graves prejuízos, como os verificados na Petrobras.

Vaiei o estímulo à luta de classes, à invasão de propriedades particulares e à desagregação da sociedade. Vaiei os programas eleitoreiros, disfarçados em projetos sociais, sem nenhuma contrapartida, que objetivam apenas a conquista de votos para a manutenção do poder.Vaiei o retorno da inflação, o aumento brutal da dívida interna, a quebra do equilíbrio fiscal.Vaiei o aniquilamento de nossa indústria, os malefícios à agropecuária,a perda da competitividade internacional.Vaiei os cartões corporativos e o alto custo da máquina governamental,com os seus trinta e nove ministérios, criados, em sua maioria, apenas para abrigar políticos obscuros e os interesses dos partidos da base aliada.

Vaiei o aparelhamento do Estado, inclusive o da mais alta corte do Poder Judiciário, por pessoas ligadas ao partido político da"presidenta".Vaiei a tentativa de mudar a verdadeira História do Brasil, com a instalação de uma Comissão, que de verdade só tem o nome.Vaiei a subordinação da política externa brasileira aos ditames do Foro de São Paulo, com o país caudatário das decisões de governos populistas e ditatoriais da América Latina. Vaiei as tentativas de macular as Forças Armadas, de silenciar a imprensa, de implantar, paulatinamente, o comunismo no Brasil, travestido agora com o nome de socialismo bolivariano.Vaiei os políticos demagogos, oportunistas, mentirosos, corruptos e adúlteros. Vaiei os seguidores de falsos profetas, os aproveitadores, os bajuladores, de todas as espécies.

Vaiei os inocentes úteis, os conformados, os omissos.Vaiei, finalmente, todo o mal que, nos últimos dez anos, o partido político, que se dizia ético, fez ao meu país.

Que a estrondosa vaia seja o prenúncio de outros tempos, de esperança e de confiança em um novo Brasil, verdadeiramente grandioso e justo para o seu povo.

E ESSA PETRAPORCALHADA AINDA VEM COM HISTÓRIAS DE CAROCHINHA ALARDEANDO QUE A VAIA NÃO ERA NEM PARA DILMA NEM PARA LULA NEM PARA O PT


Brasília, 17 de junho de 2013.

Nenhum comentário: